17 dezembro 2010

Sozinho

    http://2.bp.blogspot.com/_f9QhufKJbs4/TQtfOE1EwkI/AAAAAAAAAzU/02caFYKXVks/s1600/catplay.jpgPorque as pessoas ficam juntas das outras?
    Pra ter a sua existência afirmada, pra comprovar virilidade, fluência em engenharia social, dizer que é bom com o sexo oposto... me diz, pra que as pessoas sentem a necessidade de estarem juntas umas as outras?

    Não sinto essa vontade louca de ficar junto de alguma pessoa, na verdade eu gosto de ficar sozinho - neste momento estou sozinho -, a sensação de estar sozinho é maravilhosa, simplesmente sou eu e eu mesmo, eu mesmo porque eu não preciso estar usando as máscaras do cotidiano, simplesmente estou comigo mesmo e não preciso ser hipócrita, oprimir minhas ideias pra não ofender quem está perto, sozinho eu fico livre pra fazer o meu show.

    Vantagens de ficar sozinho.
    Poder ficar pelado e não se sentir "visualizado", poder pensar alto e não se desculpar por sua mente ser tão poderosa que você se perde nela e começa a divagar com os elementos que te cercam, não se sentir cauteloso com medo de onfender alguém com o que vai falar e é claro, poder falar sozinho, pode parecer estranho mas com o tempo você passa a se perguntar porque as pessoas desabafam com as outras sabendo que provavelmente o assunto vai cair na boca do povo sendo que ela pode desabafar consigo mesmo? É maravilhoso, ninguém te julga e você se sente aliviado falando consigo mesmo, talvez você até crie um "eu" imaginário e ele passa a te ajudar na sua rotina - entitades mentais autônomas não é o assunto deste post.

    Acho que eu gosto de ficar sozinho porque eu já me acostumei a ficar sozinho.
    Sempre fui o último a ser escolhido pra jogar futebol pelo fato de não ser habilidoso o suficiente pra me sentir o máximo enquanto chuto uma esfera de couro com ar no interior e tento fazer com que ela passe por três hastes(sendo a superior paralela ao solo e as outras duas perpendiculares ao solo formando uma espécie de retângulo com uma aresta imaginária - sendo esta o solo).
    Também nunca fui atrativo - ou bovarista se preferir - o suficiente pra ter garotas me ligando, me mandando depoimentos - do tipo "não aceite este depoimento" -, SMS, cantadas descaradas e coisas do tipo. Claro, houveram garotas - curiosamente sempre houve garotas na minha vida, acho que a minha singulariedade/esquisitisse seja algum tipo de fetiche para algumas poucas e raras garotas - atrás de mim.
    Festas, baladas e noitadas são palavras que não fazem parte das minhas experiências com os humanos - eu gosto de me referir a vocês assim, não é que eu não seja humano e também não é que eu seja superior eu só sou um observador personagem que de certa forma é intuitivo e por isso deixa um ar de onisciência, mas não sou a mãe diná meu filho! -, sempre fui "na minha", não gosto - geralmente - de locais que tenham uma aglomeração de pessoas, calor humano é interessante mas já me basta ter que andar de ônibus em dias de chuva que é quando as janelas estão lacradas, o ônibus lotado e as pessoas respirando e transpirando fazendo com que o ônibus passe a ser uma espêcie de saúna móvel por R$ 1,15, resumindo, festas nunca foram atrativas pra mim pelo fato de achar algo muito manjado, sem nada inovador/interessante, sempre é chegar acima do horário marcado, não ter uma certa vibe pra conversar e ter que usar do álcool como um meio pra conseguir essa vibe e assim ter uma conversa séria/"espontânea"/legal com http://mcollection.iwebimpressions.com/images/wolf-alone-right.jpgalguém.
    Shows, se não sou fã de festas você acha que eu vou gostar de shows? Claro que sim, mas só se eu quiser muito ir a um show, acho shows tão legais como workshops, nele há grandes chances de você se encontrar com pessoas que tenham alguma afinidade em comum - ou não - mas até hoje nunca fui a um show. Na verdade já fui em dois, um com os meus pais - não gostei - e o outro foi de uma forma não declarada, foi com a galera do cursinho e não tinha como não assistir o show, não estou reclamando, este foi bom e eu gostei mas não considerei que eu fui ao show pois ele simplesmente estava lá, este foi interessante, eu gostei.
    Resumindo, resumindo e resumindo. Ímpar, anti-social - de certa forma -, calado e observador são as minhas principais e mais fortes/evidentes características. Mas tem dia que não estou muito afim, então eu tiro - ou troco - esta máscara.