23 maio 2011

Primeiro dia de aula - Parte 3

    Acho que a brincadeira ficou sem graça e logo "mandaram" a gente sentar. Pegaram um boné e começou uma arrecadação, todos os calouros tinham de contribuir!
    Confesso que sou meio paranóico, gosto de ter tudo planejado e essa "vaquinha forçado" já era algo que eu havia premeditado e por isso havia deixado uma nota de um real e algumas moedas em uma parte da carteira, fiz o corpo mole e deixei a nota a amostra até que me "forçaram" a entregar a nota e eu cedi entregado ela e as moedas. Ficaram felizes e eu triste... mentiraaaaa tava querendo rir por ter ocorrido como eu havia planejado rsrs.

    http://casadacomunicacao.net/wp-content/uploads/2010/08/chamada-capa-SAGRADA.jpg

    Depois que pegaram a grana falaram que estava rolando uma choppada no DCE, como bons calouros perguntamos aonde ficava o DCE - eu não conhecia a faculdade inteira. Fomos até o DCE e foi lá que eu percebi que a universidade não era uma sequência do American Pie, mas era parecida!
    O DCE - Diretório Central dos Estudantes - é uma casinha ao lado de... uma espécie de lanchonete com uma área grande o suficiente pra remover todas as mesas e cadeiras e assim, ter um espaço pra dançar com direito a muitas bebidas (desde que você tenha dinheiro pra elas). Resumidamente, o DCE é só uma "sala" que faz sei lá o quê mas a lanchonete que em determinados dias se transforma em uma "boate universitária" ganhou o nome por ficar ao lado, creio eu. Ou seja, quando eu dizer DCE vou estar me referindo a lanchonete-boate.
    Eu e alguns calouros resolvemos acompanhar os veteranos até o DCE depois de muitos convites. Sentamos em um banco que fica de frente a uma das entradas do DCE. Eu fiquei pasmo pois havia muuuuuuita gente, era uma festa de verdade.
    Foi ai que caiu minha ficha, eu nunca tinha ido a uma festa! Assim, já fui a festas mas aniversário de criança e festas do trabalho dos meus pais e amigos deles... não vale.
    Era uma festa, era uma choppada. Música alta (rolava funk, sertanejo, eletrônica...), bebidas e universitáriAs! :D

    https://lh4.googleusercontent.com/-hWC568YeaoY/TYJwhTnI_7I/AAAAAAAAA2g/-weACD6JMFw/s1600/calouro_veterano2.jpg

    Fiz amizade com mais alguns calouros e decidi entrar, fui sozinho pois os outros calouros não quizeram nem ir lá olhar com medo dos veteranos aprontarem alguma. Eu resolvi ir e... quando eu entrei e vi aquela galeeeeeera dançando e aquele cheiro de bebidas alcoólicas se misturando com cigarro e perfumes variados eu achei o máximo. Foi aí que... eu me virei (estava olhando pra "pista") e um veterano me viu. E chamou outros veteranos, pensei "É uma cilada Bino!", de fato era.

    Um dos veteranos estava com uma garrafa de... se não me engano 51. Pra quem não sabe 51 é uma cachaça. Quando eu fui olhar pra porta um dos veteranos, bem maior que eu cruzou os braços e me deu uma encarada. Olhei pro da garrafa pois ele havia me cutucado. Ele disse "Calouro, você vai ter que beber pra sair daqui". Na hora já falei que não bebia, disse que se chegasse bêbado em casa meus pais iriam me encher o saco e cortar a internet, mentira, não falei da internet, não dá pra ser Nerd em um local desses e que eu não bebia. Ele me respondeu "Calouro não quero saber dos seus problemas só quero que você beba nem que seja um pouquinho" insisti dizendo que eu não bebia e ele me falou "Calouro, me escuta eu não bebo e ninguém aqui bebe também" (tipo assim... quase todo mundo apronta isso aqui na calada) disse mais uma vez que não bebia e escutei um "Ninguém bebe até entrar na faculdade".

    Pensei, é primeiro dia de aula, trote já era esperado, chegar em casa bêbado e dizer que a culpa não foi minha e acrecentar umas coisinhas no trote não faria mal algum... (66''

    Larguei de corpo mole e falei que iria tomar um gole desde que eu controlasse a garrafa pra não "me afogar" já que eu não ia colocar a garrafa na boca (assim como ninguém coloca)!
    Bebi um pouco e empurrei a garrafa, quando eu terminei de engolir senti a minha garganta ardendo e mais estranho ainda foi quando eu soltei o ar, o cheiro era tão forte como o de álcool puro!

    Quase fui aplaudido pelos veteranos que me cercavam kkkkkkkkkkkkkkkk, eles sairam do meu pé e disseram que não iam me atormentar mais desde que agora eu bebesse um pouco da cerveja que me ofereciam, provei e de fato eles sairam do meu pé, eles foram atrás dos outros calouros. Fiquei feliz porque havia feito algo novo e ainda estava quite com os veteranos. Fiquei dentro do DCE meio sem jeito porque estava sozinho, percebi que eu estava rindo de coisas que eu não iria rir e que quando eu mechia a cabeça o que eu via tinha um certo lag. Estava levemente embreagado.

    Um veterano começou a me encher o saco pra pagar uma cerveja pra ele. Paguei e ele saiu do meu pé. Vi uma menina entrando no DCE, ela estava com um caderno na mão e por isso eu deduzi que ela era caloura também, não sabia de qual curso era pois a choppada é aberta então é só chegar e entrar. Fiz outra coisa que nunca havia feito antes, fui até a tal menina, perguntei o nome dela, perguntei a ela se ela gostaria de guardar o caderno na minha mochila (estava comigo, não quis deixar na sala com medo dos veteranos aprontarem) e chamei ela pra dançar uma música eletrônica que estava tocando. Qual a novidade? Pois é... eu nunca tinha dançado!

    http://2.bp.blogspot.com/-6TAk99-5d5w/TV-yRw31RMI/AAAAAAAABqo/wws3T4709Yk/s1600/calouro.jpg
    Pelo que eu me lembro nós dançamos e... meu celular começou a vibrar, olhei pra ele e percebi que era o despertador, eu havia programado ele pra despertar após o intervalo, ou seja, a minha segunda aula já ia começar. Me despedi da menina e fui procurar os calouros que haviam ficado sentado no banco.

    Ficamos conversando um pouco e fomos pra sala, chegando lá a sala já estava organizada em círculo e vários alunos já estavam sentados olhando o Professor. Eu juro que pensei em outro trote, o Flavio me enganou muito bem dizendo que era professor, ele se aparentava como tal mas esse... Parecia mais um aluno. Pensei "Foda-se, eu estou feliz por conta do álcool, vou me sentar e ver o que acontece".

    Sentei todo alegre e quando eu olho pro lado... a menina que havia dançado comigo era do mesmo curso que eu HSAUHASUSAH'.
    O Professor iniciou se apresentou, percebeu que a gente ficou rindo dele se apresentando e contamos o que houve na primeira "aula" e ele riu, disse que realmente era novo (esse era o motivo da gente desconfiar) mas era o Professor, mostrou pra gente o crachá de professor e ficou confirmado. Ele entregou a ementa da disciplina que ele ia ministrar durante o semestre, Introdução a Sistemas de Informação e falou sobre como iria funcionar as aulas e tal.


    Essa foi a primeira aula que eu assisti enquanto estava embreagado, esse foi o meu primeiro dia na Universidade Federal de Goiás.






    P.S.: Peço desculpa ao veterano "Magrim" pelo jeito que eu o chamei aqui no blog, não foi de forma ofensiva não porque se não estaria me ofendendo também porque eu sou mais magro que você rsrs. Não lembro do seu nome e nem dos outros veteranos, por isso peço desculpas.